Tchau, barba: Prevenindo possível problema na imigração

Tchau, barba: Prevenindo possível problema na imigração

Olá,

Faltando menos de um mês para visitarmos um pouco da Europa, a qual vai ser nossa primeira viagem internacional e servirá também como um esquenta para o Mundo à Frente, eu (Rafael) e Gabi decidimos que seria melhor tomar uma atitude para prevenir um possível problema com a imigração…

Quem é brasileiro e não tem passaporte europeu sabe que por mais que você esteja com tudo certinho e que seu objetivo seja realmente apenas turistar, está correndo o risco de nem sair do aeroporto e já ter que voltar pro país de onde partiu.

Então, se sem chamar a atenção já existe o risco, imagina de barba…
É, vou tirar a barba. Na verdade, já fiz isso hoje de manhã.

“Ah, mas qual o problema? Hoje em dia está até meio na moda ter barba, já não tem tanto preconceito como antes.”

O problema é que eu não estava com uma barba pequena (e também nem gigante, mas ainda assim considerável), só que o fator realmente importante é que segundo conhecidos, eu estava mais pra terrorista do que pra viking. 😛

Já fazia um tempo que amigos nossos ficavam brincando ao dizer que eu estava parecendo um homem-bomba, um muçulmano e coisas relacionadas. Mas até aí tudo bem, porém, na segunda-feira as coisas mudaram um pouco.

Primeiro, em uma conversa por vídeo com um conhecido da Turquia, o cara diz que eu estou parecendo um membro da ISIS. Então se uma pessoa de lá fala isso, talvez eu estivesse mesmo parecendo… Mas não me preocupei com isso.
Mesmo assim, depois acabei dando uma pesquisada na net e, ao meu ver, não pareço nenhum terrorista e até vi que existem membros de vários lugares do mundo, fazendo com que não se saiba quem poderia ser ou não um membro deles.

Entretando, mais tarde, já a noite… Estávamos conversando com amigos sobre a viagem e um deles disse que uma vez foi barrado e nem conseguiu entrar na Europa, mesmo indo para estudar na Suécia, com carta de recomendação e tudo certinho. Na ocasião ele estava com cabelo comprido e bem bronzeado, dizendo que estava até parecendo um mexicano que tentaria entrar de forma ilegal no país. 😛

Enfim, após toda a conversa e ouvindo conselhos dos amigos, optamos por prevenir. O extremismo islâmico está em alta e se para algumas pessoas eu pareço com um desses extremistas e assim tenho a chance de chamar a atenção de uma má forma, então nós não iremos querer correr o risco de estragar um dos nossos sonhos que é fazer essa viagem.

Claro, isso é só uma precaução. Nunca sabemos se quando chegarmos até um determinado local, o fiscal ou seja lá qual for o agente responsável, não vá com a nossa cara e simplesmente invente uma desculpa (se é que precisam) para não nos deixarem entrar no país.
Mas pensamento positivo. 😉

Na foto abaixo vocês podem ver como eu estava com a barba e como eu fiquei hoje após tirar a barba.

Tentando fazer cara de simpático após tirar a barba, pois eu realmente não queria ter feito isso…

Então é isso, após 4 meses deixando ela crescer, tchau barba.

Até a próxima. 😉

Comentários

comentários

Comment ( 1 )

  1. ReplyMônica Patricia
    É bem verdade que é puro preconceito... Mas pelo sim ou pelo não... É melhor prevenir a deportação por causa de uma simples barba, né!? Beijinho! ;-)

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Você pode utilizar tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>